Tire vantagens do engajamento digital das OTA’s e converta em reservas diretas

Publicado em: 04/07/2017

Que tal ouvir o artigo?
Experimente no player abaixo!

Já perguntamos em um artigo anterior aqui no Blog do Hoteleiro Digital, você já se colocou no lugar do cliente hoje? Se a resposta é não! Faça!

Neste artigo o tema é sobre como aproveitar as visitas geradas pelas Online Travel Agencies (OTA’s) – Booking, Expedia, Decolar, Agoda e outras centenas pelo mundo. É preciso entender o comportamento do consumidor para tirar proveito da visibilidade que os sites de OTA’s fornecem aos Hotéis cadastrados.

Devido o grande investimento em marketing digital e da quantidade de acessos que as OTA’s, como Booking.com e Expedia.com possuem e as inúmeras vendas realizadas, não seria um bom negócio deixar de participar do catálogo. Porém, quando o consumidor se depara com uma oportunidade, ele, antes de fechar negócio, pesquisa o nome do hotel no Google em busca do site oficial e consequentemente de mais informações do escolhido.

Esse é o grande momento!

Primeiro, o hoteleiro que acompanha nosso blog, já sabe da importância de ter um bom PageRank e assim facilitar o acesso dos visitantes provenientes da busca do Google. Para isso é preciso combater também o Bounce Rate (não entendeu? Clique aqui).

Agora que já tem uma boa colocação nas buscas, precisamos entender alguns parâmetros que fazem o turista comprar nas OTA’s e não no site do hotel.

O preço é sem dúvida um fator crucial, o Trivago por exemplo, compara os preços não só de hotéis, mas também de várias OTA’s. Sabemos que contratualmente e inclusive “eticamente” falando, seria errado colocar um preço menor do que o negociado com as agências. Mas nada impede que esses preços sejam pareados. E não podemos esquecer que as OTA’s  ficam com uma comissão entre 15 e 30 por cento.

Pronto! A vantagem sobre o preço foi eliminada mantendo o preço pareado. E com a oportunidade de venda direta, ou seja, sem comissão.

O que mais faz com que o cliente reserve com as agências?

A facilidade de compra, fotos com boas qualidades, depoimentos dos usuários entre outros aspectos.

E como incentivar o cliente a fazer reserva direta?

  1. Site atrativo, com conteúdos diversificado, boas imagens, vídeos, blog e facilidade em atualização;
  2. Ter um bom motor de reserva (sem essa ferramenta as OTA’s levam vantagem com muito mais facilidade);
  3. Oferecer alternativas no pagamento (com variedade de Bandeiras de cartões de crédito e contas em diversos bancos que facilitem a transferência bancária);
  4. Vantagens e benefícios exclusivos para compra no site: Late check out, descontos de fidelização, traslado free, jantar na compra de duas diárias, etc
  5. Um upgrade para um tipo de acomodação com venda exclusiva no site também é válido.

Essas são apenas algumas dicas. Com uma boa plataforma é possível obter muito mais suporte para abusar da criatividade e converter reservas diretas. Não deixe o lucro do seu árduo trabalho nas mãos de terceiros, invista em marketing digital agora mesmo.

Lembre-se marketing digital não é custo, é investimento.