Marketing Digital Hoteleiro: Conheça a história da estratégia que transformou a lucratividade da hotelaria

Publicado em: 18/10/2019 | Atualizado em:

História do Marketing Digital Hoteleiro traz lições importantes e ajuda você a aumentar a eficiência das vendas hoje. Confira como!

Que o Marketing Digital é uma estratégia fundamental para a hotelaria, você provavelmente já sabe. Afinal, não é de hoje que falamos do papel que essa estratégia pode ter nos resultados do hotel, principalmente se hoje ele tem dificuldade em fazer vendas de reservas diretas

No entanto, uma coisa que muitos hoteleiros, inclusive aqueles que já investem em Marketing, não sabem é quanto a história do Marketing Digital Hoteleiro. Essa é uma história que pode gerar pesadelo em muito marketeiro, mas nos ensina algumas lições importantes e pode ajudar você a enxergar o caminho certo para gerar vendas ainda hoje. 

Quer entender a história do Marketing Digital para a hotelaria e como melhorar as reservas de seu hotel? Nos acompanhe neste artigo e confira a retrospectiva que montamos e algumas dicas importantes para você transformar a eficiência do seu time de vendas!

Como eram as vendas para a hotelaria antes do Marketing Digital?

Primeiro, talvez valha a pena falar sobre como era o processo de vendas de hotéis e pousadas antes do Marketing Digital. Aliás, alguns hoteleiros estão um pouco atrasados e insistem em viver nessa era sombria, apostando em técnicas ultrapassadas de vendas e perdendo espaço para a concorrência.

Divulgação boca a boca

Antes do marketing digital, a maioria dos hotéis apenas contavam apenas com a divulgação boca a boca. Não que seja ruim, claro, mas limita muito o público que eles atendem, e não é incomum passassem por crises ou problemas financeiros, como alguns hotéis que usam apenas essa estratégia hoje ainda passam. 

Agência de turismo

Alguns hotéis ainda dependiam das agências de turismo tradicionais para realizar a venda de reservas. Geralmente, essas vendas eram feitas com base em pacotes e a agência recebia uma comissão pelas vendas. O problema aqui é sempre depender desse tipo de venda terceirizada e acabar entrando numa zona de conforto que impeça de enxergar os novos meios de compra escolhidos por seus clientes. 

Hoje o papel das agências de turismo ainda importante para os viajantes, mas apenas daquelas que levam a seus clientes experiências locais de acordo com cada perfil, colocando o hotel nesse roteiro.

Panfletagem

Você consegue imaginar a sua vida saindo do seu hotel para entregar panfletos na rua? O passado do marketing hoteleiro tem muitos estabelecimentos que usavam essa estratégia para vender reservas diretas em feiras, ruas com potencial turístico e até mesmo em parcerias com taxistas que atuavam em rodoviárias e aeroportos. 

Propaganda na televisão

Hotéis de grande porte, geralmente ligados à marcas grandes e nacionais, até tentavam fazer alguma publicidade na televisão aberta e em jornais. Mas esse era (e ainda é!) um investimento alto, que nem sempre traz resultados condizentes com o valor que foi apostado. 

Aliás, você consegue imaginar um mundo em que a única forma de se comunicar com o público era através de publicidades nesses grandes meios de comunicação? Porque nós não conseguimos. Essa estratégia é tão cara, que mesmo hoje em dia para os hotéis que possuem orçamento para investir nessa estratégia, as taxas de ROI são absolutamente desfavoráveis. 

O que nos leva para o próximo passo dessa retrospectiva: como surgiu o Marketing Digital Hoteleiro. Está curioso? Confira no próximo tópico!

Como surgiu o Marketing Digital? 

Falar em Marketing Digital é falar em todas as estratégias de marketing feitas através da internet, e, bem, a internet está no mundo há algum tempo, não é? No entanto, podemos dizer que as primeiras iniciativas de Marketing Digital ganharam força mesmo no fim dos anos 90, e foram intensificadas durante a última década. 

Foi aqui que alguns hoteleiros, já percebendo a importância que a internet estava ganhando no dia-a-dia das pessoas, começaram a se movimentar para entrar no Marketing Digital. O problema é que muitos deles faziam isso de forma completamente descuidada, cometendo erros graves “de iniciante”. 

Reunimos alguns desses erros logo abaixo, e você pode dar uma olhada e, quem sabe, até lembrar um pouco de como era a internet há 10 anos atrás.

Sites desestruturados

O primeiro grande erro estava na aparência e funcionalidade do próprio site. Há 10 anos, muitos sites de hotéis e pousadas eram rudimentares, com visual pouco agradável e que só faziam assustar os clientes em potencial logo de cara. Isso quando o site abria.

Cometer esse erro no passado já era um problema, mas investir em sites desestruturados hoje é ainda mais ineficiente. O melhor mesmo é aprender com os erros do passado e analisar o site do seu hotel hoje: ele é visualmente agradável? Possui páginas importantes (como a de Acomodações e Reservas)? 

Veja nesse post algumas dicas para analisar seu site atual e rampeá-lo para um próximo nível:

Falta de conteúdo de qualidade

Outro grande problema era a falta de conteúdo qualificado, e ausência de técnicas de SEO ou conteúdos que não interessavam suas personas, por exemplo. A falta de boas fotos do hotel era só mais um motivo para assustar os hóspedes, principalmente porque fotos ainda hoje é um dos principais critérios na hora dos mesmos avaliarem se desejam fazer uma reserva em seu hotel. 

Um erro comum ainda hoje é a ausência de blog no site do hotel. Uma das essências do Marketing Digital está no conteúdo, e é ele que será o braço do estabelecimento na hora de atrair visitantes para o site.

Nesses dois links abaixo enriqueça seu conhecimento sobre os assuntos aqui abordados:

Ausência de técnicas de vendas online

Outro grande problema do Marketing Digital Hoteleiro de 10 anos atrás estava na completa ausência de técnicas de vendas e Gatilhos Mentais. Sem elas, o site perde a eficiência na hora de vender as reservas diretas, e acaba perdendo o seu propósito. 

Se o site consegue atrair visitantes, mas não consegue converter, algo pode estar faltando. Nesse momento é que as técnicas e o uso correto dos gatilhos mentais de conversão poderão ser o grande diferença.

Entenda um pouco mais sobre o assunto:

Fidelização de clientes

Sempre foi comum pedir o e-mails dos hóspedes no momento do checkin, mas e depois, o que era feito? Nada. Absolutamente nada. Se nesse item que seria super fácil fidelizar muitos dos clientes que por ali passaram, imagine então criar uma estratégia de fidelização e retorno garantido.

Formulário de reservas (off line)

Pratica absolutamente comum nos sites de hotéis do passado eram os formulários de reservas, alguns deles ainda tinham a cara de pau de se dizer online. O visitante entrava no site, se interessava pelo hotel mas precisava esperar muitas vezes até 24 horas para saber se existia disponibilidade e se poderia fazer sua reserva.

Resultado disso: As OTAs ganharam espaço no mercado 

O resultado desses erros que citamos há pouco, foi apenas um: as OTAs ganharam espaço no mercado digital e viram a grande oportunidade de vendas e lucratividade, principalmente se investissem em estratégias mais profissionais. Foi o que fizeram. 

As OTAs trouxeram ao mercado tudo que os viajantes procuravam: sites rápidos e otimizados, fotos e conteúdos claros, programas de fidelidade e o principal, facilidade para comprar online. Tudo isso com um apoio estratégico e bem estruturado do Marketing Digital, aparecendo muito bem nas buscas orgânicas e pagas, ações criativas nas redes sociais e com um programa de indicação até então não aproveitado

Não à toa, ainda hoje as OTAs dominam algumas estratégias básicas do Marketing Digital, como as técnicas de SEO e anúncios no Google. A boa notícia é que o Marketing Digital Hoteleiro evoluiu, e hoje é possível ganhar espaço na internet e começar a gerar vendas sem ficar na dependência completa das OTAs e suas taxas altíssimas. 

Como é o Marketing Digital Hoteleiro atualmente? 

Hoje, seguir o caminho certo no Marketing Digital é muito mais fácil para os hoteleiros, principalmente com iniciativas de plataformas como o selfHotel, não é? Afinal, com o selfHotel você não precisa se preocupar com a parte técnica de montar um site para seu estabelecimento, e, sim, focar seus esforços em pensar em estratégias e promoções que aumentem as vendas do hotel através do site. 

E a verdade é que com boas estratégias de Marketing de Conteúdo, Gatilhos Mentais e um bom Motor de Reservas, gerar vendas de reservas diretas através do site se tornou fácil – e necessário, se você quer que o seu negócio hoteleiro seja lucrativo. 

Existem algumas características do Marketing Digital Hoteleiro recente que valem a pena ressaltar aqui. Dá uma olhada! 

Oportunidade para concorrer com as OTAs

Sim, o Marketing Digital Hoteleiro se tornou uma grande oportunidade de finalmente concorrer com as OTAs. Acredite, para isso não é necessário enxergar essas agências como inimigas mortais, mas, sim, aproveitar o poder delas para gerar tráfego e vendas para o site do seu hotel. 

Já que hoje elas dominam praticamente todas as palavras-chave do mercado hoteleiro, estando em primeiro lugar quando procurarem por hotel em sua região, esteja presente nesses canais sabendo que uma boa parte dos visitantes retornaram ao Google refinando sua busca, colocando agora o nome do seu hotel da mesma forma escrita por lá. Ai, quem deve aparecer primeiro é seu site.

Além disso, a verdade é que as OTAs pecam em uma parte específica: o Marketing de Conteúdo e conteúdo personalizado para personas específicas. O seu hotel pode aproveitar o Marketing de Conteúdo, então, para atrair hóspedes em potencial e aumentar a sua audiência (e vendas!) na internet. 

Veja também:

7 Formas do seu Hotel Tirar Proveito dos Sites de Reservas (OTAs)

Foco na experiência do hóspede no site

Uma das grandes características do Marketing Digital Hoteleiro atual está no foco na experiência do usuário dentro do site. Ter um site otimizado para o mobile, por exemplo, é crucial e vai fazer você ganhar alguns pontos no rank do Google. 

Torne-se autoridade no que diz respeito ao turismo na sua região, leve ao site as principais e atualizadas dicas do que fazer e conhecer. Faça o que provavelmente o seu recepcionista já faz, torne-se referencia nas indicações solicitadas por seus hóspedes.

Além disso, disponibilizar boas fotos do seu hotel no site também é importante, diríamos até: fundamental. O ideal é que o seu futuro hóspede consiga encontrar todas as informações necessárias sobre o seu hotel direto no site – isso aumenta as chances dele se interessar e fechar a reserva imediatamente ali, sem precisar de terceiros. 

Motor de Reservas acoplado ao site

Outra característica do Marketing Digital que o seu hotel precisa cumprir, hoje, para ter resultado em vendas é a presença de Motor de Reservas no site do hotel. O Motor de Reservas possibilita que o hóspede faça todo o processo de reserva diretamente pelo site, o que aumenta as chances de você vender no momento de compra dele.

 

E ai, se enxergou nesse post? Movimente-se, atualize suas estratégias e coloque suas vendas no local onde elas nunca deveriam ter saído: suas mãos.

Se precisar de ajuda, fale com nossos consultores.