7 Pontos de atenção para o site do hotel aumentar as conversões

Publicado em: 15/05/2019

O site do seu hotel não vende o bastante? Descubra todos os segredos por trás de um site de hotel campeão em reservas diretas!

Se o site do seu hotel não está vendendo como deveria, está na hora de repensar sua estratégia e conferir se você está realmente seguindo o caminho certo. Claro, ter uma página na internet, investir em um design atraente e mostrar o melhor do seu hotel são passos fundamentais para a conversão, mas nem de longe são o suficiente!

 

Se você realmente quer rampear suas reservas diretas e alcançar um novo patamar de lucratividade, precisa seguir o que os melhores — e mais eficientes — sites de hotéis e pousadas já estão fazendo. Só assim você consegue garantir a vantagem sobre seus concorrentes e se tornar uma referência em sua região.

 

Nós sabemos muito bem disso e, inclusive, o selfHotel decidiu premiar no Hotel Summit 2019 os hotéis que saíram na frente desse processo e já começaram a transformar o site em uma máquina de vendas seguindo critérios de conversão eficientes.

 

Mas, afinal, o que é necessário para se destacar da concorrência e aumentar as conversões do seu hotel de forma substancial? Nos acompanhe neste artigo e descubra 7 dos pontos mais importantes, que enxergamos nos hotéis de referência e que o seu estabelecimento precisa começar a cumprir AGORA mesmo!  

1. Conteúdo Rico

Você nem imagina, mas um dos grandes fatores para ter um site de hotel que converte está no conteúdo. Sim, nos textos, principalmente do blog! E trabalhar em conteúdos realmente relevantes, focados em seu público-alvo e trabalhados com todas as técnicas de SEO necessárias, é o que vai atrair pessoas para seu site e, respectivamente, guiá-las para a reserva direta.

 

Claro, todo esse processo exige um pouco mais de pesquisa e planejamento. Apostar em conteúdos mais completos, como, por exemplo, e-books com guias de viagem da sua cidade já é uma boa maneira de captar leads.

 

Inclusive, quer um dado interessante? Possivelmente, mais de 85% dos visitantes do seu site chegam até você através de pesquisas no Google, como indica a pesquisa realizada pela agência BeeWeb em parceria com o Portal Turisforte. Ou seja, produza um conteúdo bacana, recorrente e de qualidade para sua persona, e potencialize suas chances de receber milhões de visitas no site todos os meses!

2. Fotos limpas e claras

Já falamos isso algumas vezes por aqui, mas não adianta ter um site atraente se você não tem boas fotos, seja do seu hotel ou das belezas da região. E mais: pesquisas do TripAdvisor já mostram que as fotos são o primeiro elemento que despertam o interesse das pessoas pelo seu hotel.

 

Ou seja, se você tem um site, mas não está investindo em fotos de qualidade, provavelmente está perdendo muito mais hóspedes do que imagina. E não basta ter fotos apenas atraentes, é fundamental que elas estejam em boa qualidade, nítidas e claras para o visitante do site. Lembre-se disso!

3. Páginas com tarifas fáceis de serem entendidas, além do Motor de Reservas

Okay, um visitante chegou no site do seu hotel através do conteúdo rico que você produziu, viu as fotos do local e se apaixonou. E agora? O próximo passo dele, provavelmente, vai ser procurar as tarifas e ofertas do seu estabelecimento.

 

Não adianta esconder esse tipo de informação, ela é tão crucial para a decisão de compra do hóspede quanto todo o resto. Se o visitante do site não encontra as tarifas praticadas pelo seu hotel, é bem possível que ele se sinta lesado e resolva ir até o site do seu concorrente.

 

E se o visitante puder fazer a reserva ali, imediatamente, através de um motor de reservas, é melhor ainda. Assim, você aproveita todo o entusiasmo da pessoa pelo seu estabelecimento e o guia para uma compra rápida. Esse é, aliás, um dos segredos para a lucratividade e alta conversão de sites de hotéis eficientes!

4. Menu de navegação clara

Agora, se você dispõe de toda informação possível, mas ela é difícil de encontrar, não adianta muita coisa. O visitante do site simplesmente não vai ficar “caçando informação”, e por isso toda a navegação da sua página na internet precisa ser clara e muito visível.

 

Ter um menu com todas as páginas essenciais, que você sabe que são de interesse de hóspedes em potencial, é fundamental. Algumas delas são as páginas de Acomodações, Tarifas e Blog.

5. Contatos variados e sempre ao alcance do visitante

Se o visitante do site do seu hotel tiver uma dúvida e quiser tirá-la antes de fazer a reserva direta, vai conseguir entrar em contato com seu estabelecimento de maneira fácil? Essa pergunta parece boba, mas é importante que você analise o seu site e veja se, de fato, as formas de contato estão visíveis e fáceis de acessar.

 

Ter um chatbot disponível em seu site, ou ainda investir em um link direto para o chat do WhatsApp de seu estabelecimento, são formas de facilitar o contato com seu cliente em potencial.

 

Aliás, você já deve ter visto um chatbot desse, certo? O site do selfHotel é um bom exemplo de página na web com chat e todas as formas de contato bem visíveis — você pode usá-lo como referência para avaliar se o seu site também está facilitando o contato.

6. Compatibilidade com dispositivos móveis

Hoje, mais do que nunca, seu hotel precisa ter um site adaptado para os dispositivos móveis, o que chamamos, também, de responsividade. Apesar de ser um termo ainda pouco conhecido por hoteleiros, a verdade é que ter um site adaptado para smartphones é garantia de que você está dando todo o conforto para a grande maioria das pessoas que acessam sua página.

 

E não é apenas a gente que diz isso: uma pesquisa recente, realizada pela agência BeeWeb em parceria com o portal TurisForte já indica que pelo menos 65% dos visitantes estão acessando o site pelo celular. Se a sua página não está preparada para atender essa demanda, o resultado é que você está possivelmente perdendo mais da metade do seu público!

7. Gatilhos Mentais de conversão, como contador regressivo de promoções

Seu site é incrível, tem um conteúdo bacana que atrai milhões de visitas, tem um motor de reservas, mas você ainda tem dificuldades em transformar esse público em reservas diretas? O que está faltando para você são os Gatilhos Mentais de conversão, essenciais na hora de estimular o público à compra.

 

Colocar contadores regressivos, cupons de desconto com tempo limitado ou oferecer um pacote com limite de tempo, por exemplo, são maneiras de incentivar qualquer visitante à fazer a reserva direta imediatamente.

 

Claro, tudo isso precisa ser atualizado de forma estratégica e constante, e, justamente por isso, usuários da plataforma selfHotel conseguem fazer atualizações e publicar os Gatilhos Mentais de forma prática e muito rápida. Basta colocar as informações necessárias e, pronto, só publicar!