Campus Party Bahia, o que absorvemos dessa experiência?

Publicado em: 15/08/2017

Um evento fantástico. Essa foi a primeira impressão deixada pela Campus Party Bahia. Dezenas de startups somadas aos investidores, palestrantes, um banho de conteúdos estratégicos e uma competição emocionante, o Like a Boss, que  após os pitchs de 3, 4 e 5 minutos, o selfHotel chegou até a final, que será realizada no CASE, o maior evento de startups da América Latina, em São Paulo, que acontecerá no mês de outubro deste ano.

Allessandro Canella, CEO selfHotel, em mais uma apresentação no Like a Boss, na Campus Party Bahia.

A imensa quantidade de visitantes entre as áreas gratuita e paga, puderam aproveitar ao máximo todas as interatividades em exposição. Foram Empresas renomadas, startups iniciantes e experientes. Além das palestras e debates oportunos para a ocasião, que vieram enriquecer os amantes da tecnologia baianos e também os visitantes.

A diversidade tomou conta de todas as partes da arena fonte nova, desde corridas de drones, passando até pelos campeonatos de robótica. Mas, os hoteleiros que visitaram a Campus Party também tiveram algumas inovações à disposição, desde automação na economia de energia das acomodações, aplicativos para registro de ponto dos funcionários, além, da presença do selfHotel, que não só foi expor e competir, como também, aproveitou para reciclar os conhecimentos tecnológicos e estratégicos através da feira por intermédio das mentorias do SEBRAE.

A busca por aprimoramento da startup é constante e contínua. Aqui aproveita-se todas as oportunidades para crescimento e a elevação do nível proposto aos hoteleiros. Reciclagem, novidades, cursos, fóruns e o que tiver para somar, fazem parte da rotina selfHotel. Aqui trabalha-se para que o hoteleiro converta as reservas como elas devem ser, diretas.